Arquivos

Cantos e Toques de Tambores Xamânicos e maracás com Athamis Bárbara – 2021

Cantos e Toques de Tambores Xamânicos e maracás com Athamis Bárbara

Normalmente se aprende os cantos sagrados em torno das fogueiras e durante as cerimônias. São necessários anos e anos de repetição. Uma hora o canto nos escolhe. No meu caso, algumas das canções eu precisei fazer alguns ritos antes de as receber… E todos que querem aprender tradicionalmente deveriam fazer o mesmo.

Entretanto, no Brasil, eu percebi que algumas pessoas ouviam as canções e rapidamente já as estavam usando e ensinando a cantar. Foi quando eu decidi passar a fonética dos cantos sagrados e criar um curso onde eu explicasse seus significados e treinasse a cantar esses cantos… Entretanto, eu deixo que o próprio espírito do canto escolha a quem esse canto irá. Isso vai além de querer ensinar. Isso é bem tradicional.

Junto aos cantos que invocam as energias das quatro direções e outras energias como de força, de comunidade, de força do feminino sagrado, canções da água e de certos clãs… eu também ensino sobre os toques de tambores. Para isso utilizo o trabalho de Melinda Maxfield e toques tradicionais.

Então, esse curso é um balizador de energias racionais e sutis. Além dos cantos, vamos aprender a honrar seu tambor xamânico e a escutá-lo, a sentir seu coração e utilizar os toques para mudar as energias internas e cósmicas.

Dessa forma me sinto respeitando o que aprendi tradicionalmente e evitando que cantos tradicionais sejam passados de forma equivocada.

Se sentir que chegou seu momento, inscreva-se.

Dessa vez será totalmente online.

LINK DE INSCRIÇÃO: https://buff.ly/3u9Fvn7

Garanta sua vaga com desconto de 10% até dia 10/04!

Datas: 11 e 12, 18 e 19 de maio.

Horário: de 14h às 17h

Valor de troca: 650,00

Obs: você vai precisar de um tambor e um maracá.

Jornada com as Baleias na Lua Cheia – 28 de Abril 2021

Celebramos a Lua Cheia, a avó, Nokomis. Ficamos felizes com o ápice dessa avó, que tanto mexe com as águas do nosso planeta, como com nossas águas internas.

Celebrá-la é também honrar nossa Terra e a nós mesmos.

Nas meditações que fizemos com as baleias anos atrás, nos foi pedido que também meditássemos com esses incríveis cetáceos durante a lua cheia.

Desde que inauguramos o Centro Nowa Cumig então, celebrar a Lua Cheia inclui a Meditação com as Baleias através de uma jornada xamânica. Além da jornada, dançamos, tocamos tambores, cantamos e compartilhamos saberes ancestrais.

É aberto a qualquer pessoa que deseje celebrar e ter contato com as baleias.

Realiza-se uma vez por mês na noite da lua cheia.

Valor de contribuição: R$ 30,00

Horário: 19 às 21:30h

No momento, nossas reuniões estão acontecendo virtualmente pela plataforma ZOOM.

Entre em contato conosco pelo Whatsapp (21) 96735-2132.

Centro Nowa Cumig – Rua Tobias do Amaral, 99, Cosme Velho, Rio de Janeiro – RJ.

Dia Mundial da Água -Água, nós te amamos, nós agradecemos, nós te respeitamos.

Água, nós te amamos, nós agradecemos, nós te respeitamos. Assim o povo da
Tradição honra todas as águas. Por que águas, no plural? Porque, tal qual o planeta que
chamamos Terra, somos a maior parte água. Não suportamos viver sem água. Água é um
bem tão essencial que a consideramos um dom divino.


Quantas pessoas em nosso planeta sofrem com a falta de água boa? Por quê? Porque
água foi transformada em mercadoria, e privatizada, confere um grande poder para seus
donos. Por acreditarmos que água boa é um dom divino, tem direito a ela todos os seres
que na Terra vivem.


Temos dificuldade em cuidar tanto das águas internas como das externas. Nos nutrimos
com venenos e poluímos rios e mares. Não choramos, tememos expressar nossas
emoções, e assim as águas dos sentimentos deixam de fluir espontaneamente e ficam
bloqueadas, juntando traumas e dores.


Limpar sentimentos é parte significativa da cura para diversas doenças. Tratar a água
residual e poluída é parte significativa da cura do planeta e da nossa sobrevivência. É
preciso investimento para isso, existem impostos para isso, mas algo é fato; para que que
cumpra o ciclo da água como dom divino e direito de todos os seres, ela precisa ser
gratuita.


Nós, do Centro Nowa Cumig de Tradições Nativas do Rio de Janeiro, temos nossa atenção voltada para as águas, tanto as internas quanto as externas.

Buscando honrar nosso amor pelas águas, criamos cursos, vivência e rituais que possibilitem o autoconhecimento e a cura, e também participamos de reuniões para criação da REDA (Rede Ecumênica da Água), na qual um grupo formado por membros da sociedade civil e religiosas tem como objetivo
tornar visíveis e apoiar ações concretas pela manutenção do acesso a água boa para todos
os seres da Terra.

Acreditamos que fazemos parte de um todo, e se cada um se auto cuidar e cuidar do seu
entorno podemos tornar esse mundo muito melhor. E aqui rezamos pelas suas águas e
juntos esperamos rezar e agir pelas águas do planeta, as quais nós amamos, agradecemos
e respeitamos.

Cláudia Lobo

Dia Mundial da Água – Um apelo de conscientização: Precisamos cuidar de nossa água, ela é um recurso natural e em escassez!

Um apelo de conscientização!

Precisamos cuidar de nossa água! Ela é um recurso natural e em escassez!

A comemoração do dia Mundial da água no dia 22 de março foi criada em 2004 pela ONU pela preocupação com a escassez de água doce no planeta e como forma de chamar a atenção para a necessidade de evitar uma catástrofe com sua ausência.

Apesar de 75% da superfície de nosso planeta ser coberta por água, apenas pouco mais de 3% desse total representa água doce, o restante é água de mares e oceanos, imprópria para consumo. Dos 3% de água doce existente no planeta, apenas 1/3 deste valor está acessível nos rios, lagos, lençóis freáticos superficiais e atmosfera. O restante está concentrado nas geleiras, calotas polares e lençóis freáticos profundos.

A quantidade de água doce produzida naturalmente praticamente é a mesma de 1950 e basicamente deverá permanecer inalterada até 2050. No entanto a quantidade de habitantes no planeta triplicou desde 1950 e chegará a 11 bilhões de pessoas até 2100, de acordo com dados da ONU.

E é por isso que a água é uma preocupação mundial. Por isso devemos ter cuidado com as nascentes, rios e lagos. Por isso é preciso cuidar do consumo de água, estudar possibilidades de reaproveitamento. A água que temos disponível já é escassa, e a tendência é diminuir cada vez mais. Estamos perdendo água doce com o avanço do derretimento de calotas polares e das geleiras cada vez mais. Desde 1961 já perdemos 9,6 trilhões de gelo glacial. E das geleiras que restam a previsão é que se perca ainda mais de 1/3 até 2100.

São números que assustam, pensando que temos uma média de 7,7 bilhões de pessoas no mundo, atualmente, e a ONU estima que em 2100 podemos chegar a 11 bilhões. Os números não batem em proporção de pessoas para a quantidade de água que teremos disponível para consumo daqui há alguns poucos anos. De acordo com dados da ONU, em 2025, 3 bilhões de pessoas sofrerão com a escassez de água no planeta.

Então, pensando no melhor cenário até 2100, não teremos água suficiente de consumo para mais da metade da população da Terra, além de outros problemas naturais e ecológicos que são acarretados por esta escassez como diminuição da cadeia produtiva de alimentos, fim de ecossistemas e doenças por exemplo.

E apesar de toda a mobilização que a ONU tem realizado para ações conjuntas entre diversos países, a verdade é que ainda é muito pouco perto da grandeza de escassez que já enfrentamos.

De acordo com o Relatório Mundial das Nações Unidas sobre Desenvolvimento dos Recursos Hídricos de 2019, a agricultura é responsável por 69% de consumo da água em todo o mundo, a indústria responde por 19% e as residências particulares representam 12% deste consumo.

E talvez estes números possam fazer você pensar que o seu consumo não representa tanto assim para a diminuição da quantidade de água disponível. Mas pense o seguinte, que se você em sua casa, com mais 2 pessoas, utilizando e desperdiçando água, e mais 50 famílias que pensem da mesma maneira. Então todos estão sendo responsáveis pelo mal uso da água

disponível, junto com as indústrias e empresas de agricultura. E isso em proporções maiores estão levando a um desgaste hídrico prejudicial ao planeta.

É claro que se apenas você economizar ou evitar um desperdício maior, representa uma parcela quase que insignificante para uma questão mundial, mas é uma questão de conscientização de todos, desde você na sua casa até os diretores e CEOs das grandes empresas de agronegócios e indústrias realizarem ações que podem evitar um desgaste hídrico maior para amenizar os problemas que já enfrentamos com a falta de água no planeta. É uma questão de sobrevivência para nós e para o planeta.

Para saber mais sobre estas e outras questões hídricas do planeta, você pode consultar a página da ONU:

https://news.un.org/pt/tags/agua

Bianca Vargas Tolomei

Rifa Centro Nowa Cumig – 19 de Abril 2021

O Centro Nowa Cumig tem como missão auxiliar diversas aldeias indígenas, tais como Guarani e Fulni-ô.

E por isso, além de realizar cursos e atendimentos para ampliar o conhecimento sobre a cultura e tradição indígena de quem busca, também angariamos fundos para ajudar nas causas emergenciais indígenas.

Por isso lançamos esta rifa de uma lindíssima tela em tinta acrílica da artista e fotógrafa Monique Porto.

Gostou?

Basta acessar o link (https://buff.ly/3eC5Llp) e realizar a compra da rifa.

Quanto mais rifas você tiver, com mais números poderá concorrer ao sorteio e estará nos ajudando a levar mais auxílio para nossos irmãos nas aldeias.

Conhece alguém que gostaria desta tela? Divulgue o link. Gratidão!

Encontro de Mulheres – 18 de Abril de 2021

Encontros mensais com temas relacionados ao Sagrado Feminino são abordados por diversas mestras. Cada mês um tema definido em conjunto.

Venha participar neste mês!

Convido todas para nos reunirmos no dia 18 de abril, domingo, das 16 h às 19h.

O valor de troca é R$ 30,00.

Convidem suas amigas. Esperamos encontrar as antigas participantes novamente.

No momento, nossas reuniões estão acontecendo virtualmente pela plataforma ZOOM.

Saudações Xamânicas, Regina.

celzap 21-999552498.

Roda de Cura com Limpeza das Relações – 9 de Abril 2021

Roda de Cura com Limpeza das Relações

Athamis recebeu essa técnica de limpeza de relações do mundo espiritual e a vem desenvolvendo por 17 anos. O primeiro questionamento foi sobre o livre arbítrio: se vamos limpar a relação com alguém não estamos de alguma forma interferindo em seu campo energético ou pensamento? A resposta é: não! É simples entendermos que quando limpamos um aspecto de nossa personalidade, por exemplo, a timidez, é pessoal, certo? Mas tanto os aspectos quanto as pessoas com as quais nos relacionamos vivem em nossa mente. Elas adquirem em nós a imagem que construímos. A limpeza se dá com a pessoa que existe em nossa mente ou no nosso sentimento, a lembrança dela e do que ela nos causou.

“Esse é um exercício de libertação: não posso afirmar que a pessoa mudará em relação a você, mas posso afirmar que você mudará em relação a ela. Somos todos ligados. O meu contato com muitas histórias de Limpeza de Relações mostrou que, em muitos casos, transformando o sentimento para com alguém, esse alguém também muda em relação a você. Recebi muitos relatos interessantes de entendimentos mútuos”, diz Athamis.

A Limpeza de Relações serve para todos que buscam o autoconhecimento e a transformação das mazelas que nos impedem de um caminhar mais livre, mais leve. Valor de Troca: 40,00 Horário: 19h às 21:30

No momento, nossas reuniões estão acontecendo virtualmente pela plataforma ZOOM.

Entre em contato conosco pelo Whatsapp (21) 96735-2132.

O que você precisa:

Uma venda para os olhos

Não ser interrompido durante a reunião.

Jornada Xamânica – 06 de Abril 2021

Uma terça por mês nós oferecemos encontros para o público em geral com interesse em aprender a fazer jornadas xamânicas no Centro Nowa Cumig. Objetivo:

A viagem xamânica com o uso do tambor e/ou maracá é realizada com o intuito de perguntamos aos nossos aliados, que podem ser animais ou mestres interiores ascensionados, sobre questões pessoais ou coletivas. Estes aliados ou mestres nos ajudam com uma compreensão mais elevada sobre a questão a ser pesquisada trazendo novos insights e outras perspectivas.

O condutor do trabalho ensina a jornar, por 15 ou 30 minutos. Após a jornada, é realizada a partilha entre os presentes, e assim aprendemos mais. Uns têm uma visão com diversos símbolos e insights, outros, o sentimento ou sensação corporal. Outros ainda, a clarividência. Quanto mais jornamos, mais aptos nos tornamos a entender as respostas. Valor de contribuição: R$ 30,00

Horário: 19 às 21:30h

No momento, nossas reuniões estão acontecendo virtualmente pela plataforma ZOOM.

Entre em contato conosco pelo Whatsapp (21) 96735-2132.

Local Rua Tobias do Amaral , 99 – Cosme Velho – RJ Telefone de Contato: 21- 992478261 (Athamis via whatsapp)