Arquivo | 4 de outubro de 2016

Celebração da Lua Cheia – 16 de outubro

Nesse dia teremos a celebração da Lua Cheia e o encontro com as baleias. Usamos o som do tambor para alteração de consciência. Uns preferem fazer uma pergunta pessoal. Outros, permitir uma livre conversa com esses serem tão antigos e que tem muito a nos contar. Depois da jornada, sua história pode ser compartilhada com o grupo presente. Vale a pena tentar. Tragam os seus amigos.

Horário: 19:00 às 21:30

14559945_1529455107079890_9162048503496589183_o

Fogueira da Lua Crescente – 9 de outubro

O Centro Nowa Cumig gostaria de lhe convidar para celebrar com Avó Lua durante o período da Lua Crescente. Homens e mulheres, adultos e crianças são bem vindos! Venha meditar com o fogo, participar de uma Roda de Partilha Anishinaabe (tradição nativa canadense) e de cantos de celebração e meditação com o fogo! Todas as tradições nativas que se sentirem chamadas a participar serão honradas!

14468349_1529438550414879_6962165942883475293_o

Encontro de Mulheres – 9 de outubro

Dançar para congregar com a família espiritual. Danças fáceis e divertidas. Depois falamos e trocamos sentimentos. Além de compartilharmos um lanchinho gostoso. Quando eu comecei a dar aula de danças circulares 25 anos atrás percebi o quanto nosso espírito se alegra ao dançarmos. – Athamis

14468368_1414412031921532_5730252563314288087_o

Jornadas Xamânicas – 4 de outubro

Eu gostaria de compartilhar uma coisa com vocês. Quando eu aprendi a fazer jornada xamânica há muitos anos atrás eu descobri a força que se cria em nós ao entrarmos num estado que chamamos de TETA. As pessoas podem ter visões, ou podem escutar ou ter sensações. Essas informações se tornam um oráculo e é isso que é bonito. Você mesmo tem acesso dentro de si da resposta que precisa ter para tomar decisões, ter direções na vida… Para isso precisamos de uma questão definida. Durante o encontro discutimos sobre isso e cada um vai fazer uma jornada sobre uma questão bem definida. Não costumamos interpretar as jornadas, mas lhe ajudamos a compreender algumas coisas. Quando pensamos a propor no Centro Nowa Cumig, pensamos em oferecer essa pérola a todos que se interessam pela xamanismo, que é a arte do êxtase. Como no centro não usamos plantas enteógenas, usamos o som do tambor para atingir esse estado. Aproveitem pois só acontece uma vez por mês. Migwetch (Obrigada em Ojibway). – Athamis

 

14567396_1414397665256302_8234139131289320217_o